Combo: Benedetta Cipriano

R$88,80

R$71,04

20% OFF
18x de R$5,16
Sucesso! Você tem frete grátis
Frete grátis a partir de R$150,00
Entregas para o CEP:

Frete grátis a partir de R$150,00

Acompanha marcador de página!
Todas as compras em nossa loja virtual, acompanham um kit de marcadores de página
Verifique o prazo de entrega
Para itens em pré-venda, o prazo de postagem é maior de acordo com o lançamento de cada produto. O prazo maior prevalece caso compre item em estoque + item em pré-venda no mesmo pedido.

O combo contém os livros A Lua no Oceano e Você é meu Oceano, da autora Benedetta Cipriano.

Sinopse A Lua no Oceano (nova edição):
Meu nome é Lua.
Mas meus olhos não são tão luminosos quanto aquela fatia perfeita que toda noite transforma ouro em trevas. Meu olhar se extingue e minha mente é como a segunda parte de um romance nunca concluído.
Minha vida foi destruída, como as folhas quando são atingidas por um vento gelado no inverno.
Eu fui destruída, como um quebra-cabeça cujas peças foram perdidas. Elas são um fragmento de vidro quebrado, eu me tornei a melancolia de um pôr do sol vermelho e cansado.
Estou quebrada, mas luto, permaneço de pé. Ainda posso fazer isso.
Eu perdi meu coração no oceano e deixei minhas memórias se misturarem com as nuances de uma concha.
São dores que se misturam com a espuma das ondas.
Eu sou o arrependimento cheio de sal e a lembrança de um verão que passou muito depressa.
Eles são chuva, eles são lama, eles são um vazio destinado a nunca ser enchido.
Seu nome é Maverick e seus olhos são mais azuis do que os abismos, mas não posso espelhá-los, porque são olhos azuis, são profundos, são como o gelo que agarra meu coração toda vez que olho para o oceano.
Ele é beleza, rebeldia, sensualidade, paixão, mas é também do que tenho que me distanciar.

Meu nome é Maverick e sou um rebelde. Tão rebelde quanto as ondas que surfo todos os dias e tão livre quanto minha prancha de surfe.
Eu moro em uma praia perto do oceano e deixo o suave vento californiano levar todas as lembranças ruins.
Eu cresci sem um objetivo e deixei as ondas serem minha casa. Meu nome está gravado na minha prancha e a tinta com a qual minha pele está manchada me lembra o que eu era, deixando-me escolher o que sou todos os dias.
O nome dela é Lua e ela é linda. Seus olhos são um campo minado e seu coração é uma bomba pronta para explodir. Ele não olha para mim, mas eu observo.
Não me toca, mas eu insisto.
Ela foge, mas eu aceito, porque aquele coração escondido atrás de uma barreira de cristal ainda sente a necessidade de voltar a bater.
Eu sou Maverick, sou um lutador, e ela é minha pequena Lua para conquistar.
E eu sei que será minha.

*

Sinopse Você é meu oceano: Savannah
Nos meus olhos há o reflexo desbotado de uma lágrima destruída.
Meu coração está deteriorado pela única ferida que, ainda sangrando, me lembra o primeiro choro em que me afoguei. No entanto, com seu olhar mais sombrio do que uma noite sem estrelas, ele absorve minha dor, anestesia e leva embora com ele.
A máscara atrás da qual escondo minhas feridas me permite sorrir, mas nos meus sonhos há um desejo de renascer.
Sonho em me perder no vento, sonho em fugir, para longe de lembranças, para longe de mim.
Ele me abraça a ponto de tocar minha alma: são abraços sem palavras, gestos silenciosos, nos quais posso ver o reflexo invisível de seu tormento.
Não tenho ideia do que o destrói. Não tenho ideia de qual é a dor no peito, mas sei que compartilhamos uma ferida juntos.
Nossas feridas são imperceptíveis a olho nu, mas são elas que nos unem.
Ele se chama Dante e não, ele não é meu homem, mas é o único capaz de juntar os pedaços do meu coração.
Sua alma é sombria, exatamente como seus olhos negros.
Gostaria de segurá-lo com força até tocar o peso que carrega por dentro, mas não consigo: essa alma já foi dada a alguém e que alguém não sou eu.
É o oceano.

Dante
Não me pergunte quem eu sou. Eu poderia lhe dizer que sou surfista, que o oceano é meu lugar seguro e que nas ondas me solto.
Eu poderia lhe contar sobre a faísca que se acende em mim quando me vejo ganhando contra o mesmo oceano, domando suas ondas como se eu fosse o único capaz de manter essa imensa extensão de água à distância.
Eu poderia lhe contar tudo sobre isso, mas tenho certeza que você não descobriria mais.
Nas minhas lembranças, há notas quebradas de um violoncelo e um sentimento de culpa com o qual luto todos os dias.
No meu presente está ela, com seus imensos olhos verdes e destruídos.
Com sua ironia, por trás da qual ele esconde suas feridas.
Seu perfume é intenso e delicado, como o das frésias. Seu cabelo é mais escuro que chocolate e seus sorrisos são tímidos, com medo, mal sugeridos, ocultos.
Mas eu a ouvi rir. Eu vi a luz em seu olhar diminuindo a névoa da qual ele está perpetuamente envolvido.
Eu vi a beleza de seu coração partido e a tomei.
Mas ela não é minha e nunca será.
Há apenas um lugar ao qual pertenço e ao qual concedo tudo de mim, e esse lugar é o meu oceano.

*

*imagens meramente ilustrativas.
Previsão de postagem: até 10 dias úteis após a confirmação do pagamento.